domingo, 30 de janeiro de 2011

Sonhe, mas não precipite!!

Minha reflexão diz respeito a "sonhos", porém não sonhos enquanto ao fenômeno que ocorre ao dormirmos, mas sonhos enquanto planos permeados de desejos e realização.
Sonho é o que nos move a prosseguir a fim de que o alcancemos. O sonho nos impulsiona a próxima etapa de modo a nos livrarmos da que estamos ou até mesmo do conformismo em que vivemos.

O sonho nos leva ao futuro.
Sonhar é necessário, sonhar é viver, é continuar, avançar, alcançar...é combustível da vida!!

Quando crianças, nos vestimos de nossos pais, na ânsia de nos tornarmos adultos, no momento em que completamos 15 anos já estamos inquietos pela carteira de motorista.

Cursamos a faculdade na pressa de profissionais formarmos, namoramos com vista ao casamento, casamos visualizando a família, a constante busca pela promoção e melhoria da posição e remuneração e assim por diante, na condução da vida...sonhando, avançando sempre para a próxima etapa.

Sonhar é a vontade de prosseguir, a força para continuar, sonhar é bom, é benéfico, mas quero falar sobre um ponto que pode ser desequilibrio neste processo. Acho que posso dar o nome de precipitação.

"Precipitar-se: extrema velocidade, grande pressa, afobação. Rapidez em tomar uma resolução, irreflexão."

A rapidez em alcançar o sonho, nos tira a capacidade de refletirmos. Nos impulsiona a negligenciarmos o momento em que estamos vivendo em busca do próximo. A afobação em vivermos a seguinte etapa nos rouba a dignidade de vivenciarmos a etapa em que estamos em toda sua plenitude.

Sonhar é necessário, é vital, porém, vivamos com a devida atenção e merecida intensidade o momento em que estamos agora, o chamado presente, segundo o nome 'dádiva', é nele que estão os aprendizados, as ferramentas que iremos precisar para viver o futuro.
Quando não vivemos adequadamente o presente, em algum momento do futuro nos faltará o quê deixamos passar... teremos que parar, repensar, ‘voltar’ até onde deixamos as ferramentas que deveríamos ter acrescentado em nossa bagagem da vida , afim de buscá-las para que assim possamos prosseguir....

Viva o momento em que está, deixe que o amanhã venha, e se é necessário repense o passado e resgate o ensino que hoje voce precisa!

Um texto de Augusto Cury:

"Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe: 'que tamanho tem o universo?' Acariciando a cabeça da criança, ele olhou para o infinito e respondeu: O universo tem o tamanho do seu mundo. Perturbada, ela indagou: 'Que tamanho tem meu mundo?'O pensador respondeu: 'Tem o tamanho dos seus sonhos.'Se seus sonhos são pequenos, sua visão será pequena, suas metas serão limitadas, seus alvos serão diminuidos, sua estrada será estreita, sua capacidade de suportar as tormentas será frágil. Os sonhos regam a existência com sentido. Se os seus sonhos são frágeis, sua comida não terá sabor, suas primaveras não terão flores, suas manhãs não terão orvalho, sua emoçào nào terá romance. A presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis, faz dos idosos, jovens, e a ausência deles transforma milionários em mendigos, faz dos jovens idosos. Os sonhos trazem saúde para a emoção, e equipam o frágil para ser autor da sua história, fazem timídos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades. Sonhe!"



Sonhe! mas não esqueça que para viver seus sonhos no futuro voce precisa se equipar das ferramentes deste presente!! Encontre a beleza do hoje, para que o mistério do amanhã lhe encontre.



























































































Nenhum comentário:

Postar um comentário