domingo, 25 de outubro de 2009

Não a causa, mas o FIM!!

Estou no início de um livro chamado "Tempo de Descoberta", do autor; Fábio Diniz, ontem finalizei a leitura em um capítulo muito triste, em que se narra a perda de uma pessa muito próxima e querida por parte do protagonista da história.

Gostaria de refletir um pouquinho em algumas palavras deste capítulo;

" ...Aprendi que o grande segredo da vida, não é o que acontece, e sim como recebemos o que acontece, como reagimos nas situações da vida, e não apenas nas ruins, mas nas boas, nas quais o orgulho e vaidade nos tentam a viver em um mundo de ilusões..."

É engraçado como as pessoas gostam ou necessitam de atribuir causas a todas as circunstâncias em que vivemos, ' fulano tá passando por isso porquê no passado fez isso...ou eu devo estar passando por isso porquê... porquê, porquê, porquê....

Sim, é claro que existem as consequências de todos os nossos atos, de nossas escolhas, que são inevitáveis serem vividas e sim, com certeza iremos colher o quê plantamos...

Mas, para mim, essa não é a única verdade a respeito da vida...eu creio que há uma razão muuuiittoo maior do 'porquê' que determinadas coisas acontecem...que esta acima de qualquer outro ' porquê'!!

Eu penso que tudo o quê passamos tem um 'objetivo' e não simplesmente um 'porquê', inclusive o 'objetivo' é muito mais proveitoso do quê o 'porquê', uma vez que o 'objetivo' visa o futuro e o 'porquê' se atribui ao passado...

Eu creio que O Criador da vida, conhece plenamente o coração, e a personalidade de cada uma de suas criaturas...e para aqueles que decidiram por crerem em Sua existência e submeter sua vida a Vontade e Propósito DEle, Ele tem como objetivo usar as situações da vida para direcionar aquela vida ao seu propósito.

Sim, eu penso que a maioria das situações nós mesmo provocamos, com nossos desejos, teimosias, durezas, mas Ele usa tudo o quê acontece para preparar nossos coração, nossa maneira de ser para alcançar o Seu propósito...

Gosto de um exemplo, bem acessível a todos, que está da Palavra de Deus...
O princípe do Egito...José (Gn 37 até 45). Ele foi vendido pelos irmãos, pois estes o invejavam, uma vez que José era o filho predileto de Jacó e este demonstrava uma extrema autoconfiança, o quê incomodava demais os seus irmãos.

José foi vendido como escravo, foi acusado injustamente, foi preso, isso tudo durou muito tempo...um tempo de grande sofrimento; imagina que absurdo, o cara, de filho exemplar passou a ser escravo, depois acusado de abusador e por fim um prisioneiro, se ele fosse ficar pensanso o porquê ai ai ai, ele nunca chegaria em lugar algum, mas ele nunca se esqueceu da sua certeza; de que Deus tinha um propósito em sua vida, então ele buscou o objetivo e chegou até ele....Deus o colocou como governador do Egito!! e a vida de toda a sua família chegou até as suas mãos...a história é simplesmente extraordinária!!
A justiça de Deus se manifesta da forma DELE e nossos pensamentos não podem alcançar....

Por isso o importante é o quê fazemos com o quê acontece conosco, o foco não é a situação, mas sim o que ela produzirá em minha vida...talvez se José se tornasse o Governador sem passar por tudo o quê passou, não soubesse, ou não conseguiria administrar o Egito da forma sábia e prudente que administrou, talvez o orgulho e a vaidade pudesse tomar conta de seu coração...



quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Ser Feliz....

Hoje recebi um e-mail com uma mensagem, de autoria desconhecida, bem interessante! Vale a pena compartilhar com voces!!

"Durante um seminário para casais, perguntaram a uma das esposas:
- 'Seu marido a faz feliz? Ele a faz feliz de verdade?'

Neste momento, o marido levantou seu pescoço, demonstrando total segurança. Ele sabia que a sua esposa diria que sim, pois ela jamais havia reclamado de algo durante o casamento.Todavia, sua esposa respondeu a pergunta com um sonoro 'NÃO', daqueles bem redondos e retumbantes!

- 'Não, o meu marido não me faz feliz'! (Neste momento o marido jáprocurava a porta de saída mais próxima).

- 'Meu marido nunca me fez feliz e não me faz feliz! Eu sou feliz'.E continuou:- 'O fato de eu ser feliz ou não, não depende dele; e sim de mim.Eu sou a única pessoa da qual depende a minha felicidade.

Eu determino ser feliz em cada situação e em cada momento da minha vida, pois se a minha felicidade dependesse de alguma pessoa, coisa ou circunstância sobre a face da Terra, eu estaria com sérios problemas.

Tudo o que existe nesta vida muda constantemente: o ser humano, as riquezas, o meu corpo, o clima, o meu chefe, os prazeres, os amigos, minha saúde física e mental. E assim eu poderia citar uma lista interminável,mais a promessa não.....Eu decido ser feliz!

Se tenho hoje minha casa vazia ou cheia: sou feliz!Se vou sair acompanhada ou sozinha: sou feliz! Se meu emprego é bem remunerado ou não: eu sou feliz!Sou casada mas era feliz quando estava solteira.

Eu sou feliz por mim mesma.As demais coisas, pessoas, momentos ou situações eu chamo de 'experiências que podem ou não me proporcionar momentos de alegria e tristeza'.
Quando alguém que eu amo morre eu sou uma pessoa feliz num momento inevitável de tristeza.

Aprendo com as experiências passageiras e vivo as que são eternas como amar, perdoar, ajudar, compreender, aceitar, consolar. Há pessoas que dizem: hoje não posso ser feliz porque estou doente, porque não tenho dinheiro, porque faz muito calor, porque alguém me insultou, porque alguém deixou de me amar, porque eu não soube me dar valor, porque meu marido não é como eu esperava, porque meus filhos não me fazem feliz, porque meus amigos não me fazem feliz, porque meu emprego é medíocre e por aí vai.

Eu amo meu marido e me sinto amada por ele desde que nos casamos. Amo a vida que tenho mas não porque minha vida é mais fácil do que a dos outros. É porque eu decidi ser feliz como indivíduo e me responsabilizo por minha felicidade. Quando eu tiro essa obrigação do meu marido e de qualquer outra pessoa, deixo-os livres do peso de me carregar nos ombros. A vida de todos fica muito mais leve. E é dessa forma que consegui um casamento bem sucedido ao longo de tantos anos'.

Nunca deixe nas mãos de ninguém uma responsabilidade tão grande quanto a de assumir e promover sua felicidade.

SEJA FELIZ, mesmo que faça calor, mesmo que esteja doente, mesmo que não tenha dinheiro, mesmo que alguém o tenha machucado, magoado, mesmo que alguém não o ame ou não lhe dê o devido valor, resolvi ser feliz e quer mesmo saber o porque??
Somos forasteiros nesta vida o melhor ainda esta por vir pois um dia ele nos fêz esta promessa ( na casa de meu Pai ha muitas moradas e eu vou preparar o seu lugar)...seja FELIZ confie em JESUS. "
(autoria desconhecida)

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Me chamou a atenção...

"Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil."


Esta frase me chamou a atenção ao ler este texto do Drummond, incrível como nós somos capazes de enxergar o quê não existe e muitas vezes não enxergamos muitas das coisas que são reais...como o autor diz; 'fácil é ver o que queremos enxergar'; muitas vezes para satisfazer nosso desejo e necessidade vemos o quê queremos enxergar....e somos enganados por nossa própria ilusão!!

("Ilusão =
1. Engano dos sentidos ou pensamento.
2. O que se nos afigura ser o que não é.
3. Quimera (Coisa resultante da imaginação)
4. Esperança irrealizável."
)

Pois é... o ser humano tem a capacidade de ver o quê quer enxergar, isso é fato!! mesmo não existindo, e isso é muito fácil de acontecer...o dificil é saber se o quê estamos vendo é real ou não...admitir então é pior ainda, mais dolorido...

Acredito que assim como cada um possui sua impressão digital, cada um possui sua estrutura psíquica (o quê é relativo à alma ou às faculdades morais e intelectuais) e é esta estrutura, que é única em cada um, que nos faz enxergar de deteminada maneira...ou ainda não enxergar...

É de acordo com a forma que fomos criado, com as experiências que vivemos e os valores que nos passaram que formamos nossa estrutura psíquica, e passamos a enxergar de tal forma, para que nossas necessidades sejam supridas e nossos anseios respondidos.

A saúde psicológica e emocional esta em enxergamos a realidade de fato como ela é, por isso é muito importante questionar a visão que temos de uma situação e até mesmo a respeito uma pessoa, é questionando e buscando as diversas formas que existem ´de se ver´\ perspectivas que chegaremos perto do real, ou na melhor forma de enxergar, aquela que produza algo bom e sincero....